quinta-feira, 6 de outubro de 2011

A pessoa certa




Eis uma coisa difícil de saber. Quem é a pessoa certa para nossos corações, aquele(a) que nos fará felizes com quem vamos querer envelhecer juntos, criar filhos, fazer planos. Andei pensando sobre isso e sobre o que observo nesse sentido.

Pra começar a pessoa ideal nem sempre parece com o que idealizamos, com aquilo que acreditamos ser melhor pra nós, isso porque Deus é muito sábio e se tivéssemos sempre o que esperamos ia ser um tanto monótono porque na maioria das vezes namoraríamos e casaríamos com espelhos, olha que tédio.

Sigo listando algumas coisas que costumamos, ou que alguns costumam procurar nos outros, falo na minha perspectiva de mulher, claro, mas isso serve para ambos os sexos ok?!

Pra começar percebo que muitas mulheres não buscam por homens mas por "touros reprodutores", não no sentido literal, á princípio, mas por aquele cara que tem pegada, o tal "bruto, rústico e sistemático", que em as satisfaz como mulher, mesmo que só sirva pra isso, um diálogo mais profundo e tudo vai abaixo. A grande questão é, será que esse cara com a super pegada, vai ter tato pra colocar sua filha(o) no colo e acalentar quanto ele chorar por algo que ele disse e o magoou? Será que ele será fiél apesar de todas as adversidades a você e sua família. Pegada ele pode aprender com o tempo, algumas coisas não, está em um lugar especial, armazenado em cada um de nós, uns tem, outros não. Ou você pode dar a sorte de encontrar essas duas coisas em uma pessoa só(falo da pegada, a parte do bruto rústico, eu pelo menos, dispenso), ótimo, você é privilegiada, mas se não prefira todo o resto que nisso da-se um jeito.

Há uma outra coisa que as mulheres costumam procurar, mulheres e homens, uma coisa que nada mais é do que aparência, e geralmente não diz muita coisa. Um rostinho e um corpinho bonito. Ok, sinta-se feliz se você tem isso e conteúdo, e todos os itens citados acima, mas se você tem só isso, músculos, um tanquinho, e um belo rostinho, eu sinto pena de você, porque músculos  não vão te amparar quando você estiver triste e fazê-la acreditar que tudo vai dar certo. O belo rostinho além de não durar pra sempre não vai acordar nas noites frias pra cuidar de você quando adoecer e continuar lá quando o barco afundar. Como disse se tem isso tudo, beleza e caráter, companheirismo em um mesmo pacote, congratulations, caso contrário escolha o "pacote" certo. ;)

Há ainda aquelas pessoas que surpreendentemente ignoram todas as coisas que escolhem alguém através do seu estrato bancário. Uau, isso é complicado. Complicado porque esse dinheiro não vai ajudar vocês a passarem por aquelas crises, sim aquelas que geralmente podem acabar com um casamento se não houver AMOR de verdade, compreensão e respeito. O que o falta dele pode fazer? Seu namorado, cônjuge, pular a primeira cerca um pouquinho convidativa que vir pela frente. Temo que o dinheiro não ajude nessa hora. E novamente repito, tudo bem o dinheiro também contanto que ele não seja a base.

Mas no final podemos dizer que boa parte da culpa pelos nossos delírios infantis de encontrar tudo junto em uma pessoa só, o rosto perfeito, a pessoa perfeita e tudo mais é da grande máquina televisiva e do cinema. Conte nos dedos quantas vezes você viu em filmes casais menos que perfeitos, feios para os padrões que ela mesma impõe. É raro, muito raro. Mas nós sabemos que na vida real não é assim, se não sabe fique sabendo, mas tem uma coisa, na vida real é muuuito melhor.

Bom acho que basicamente é isso que vem a minha mente inquieta nesse momento, tem mais um monte de outras coisas mas vamos conversando, pra não abandonar de novo esse espaço que me salva tanto em momentos difíceis. Como o amor. É sempre bom olhar para o lado e ver que não se está sozinho.     

4 comentários:

  1. Nus.. falou e disse!

    ResponderExcluir
  2. Que bom que voltou a postar, Marina! E que postagem, hein? Adorei. Como seu amigo que sou, conheço este seu lado sentimental e consigo imaginá-la pensando e batendo os dedinhos nas teclas, porque suas postagens são verdadeiras conversas com o leitor. Concordo quando você diz que as qualidades tidas como padrão estético não são suficientes. Um rostinho bonito sem conteúdo intelectual, cultural e, principalmente, sentimento, não transmite confiança. Ao dizer que dá mais importância ao sentimento que à parte do "bruto, rústico e sistemático", você se mostra uma mulher um tanto quanto... diferente da visível maioria. Fico (negativamente) impressionado com mulheres que embarcam na ideia da mulher-produto-sexual. Tem uma música dos lastimáveis Fernando e Sorocaba cuja letra é mais ou menos assim: "sou foda! Na cama te esculacho! Na sala ou no quarto. No beco ou no quarto!". O pior não é a letra. Pior é a quantidade de mulher que ouve e canta isso com toda felicidade. Para mim, mulher que se desvaloriza não merece ser valorizada.

    ResponderExcluir
  3. Tem certeza que essa letra é do Fernando e Sorocaba? Acho que é do Avassaladores, um grupo que surgiu na internet e já foi até no Luciano Huck, a do bruto, rústico e sistemático é que creio que seja deles. Mas com sim, quando a mulher não se valoriza realmente tão pouco alguém fará isso por ela, e com o homem o mesmo. Valeu pela visita, sempre bom ler seus belos comentários, além de vindo de um grande amigo e escritor o que é ainda melhor. Beijos.

    ResponderExcluir